sexta-feira, janeiro 27, 2012

O local onde foram mortos mais de um milhão de seres humanos foi libertado há 67 anos

 Portão principal de Auschwitz I, onde se lê a frase "Arbeit macht frei" ("O trabalho liberta")

Auschwitz-Birkenau é o nome de um grupo de campos de concentração localizados no sul da Polônia, símbolos do Holocausto perpetrado pelo nazis. A partir de 1940 o governo alemão liderado por Adolf Hitler construiu vários campos de concentração e um campo de extermínio nesta área, então na Polónia ocupada. Houve três campos principais e trinta e nove campos auxiliares.
Os campos localizavam-se no território dos municípios de Auschwitz e Birkenau, versões em língua alemã para os nomes polacos de Oświęcim e Brzezinka, respectivamente. Esta área dista cerca de sessenta quilómetros da cidade de Cracóvia, capital da região da Pequena Polónia.

(...)

As câmaras de gás do Birkenau foram destruídas pelos nazis em novembro de 1944 com a intenção de esconder as atividades do campo das tropas soviéticas. Em 17 de janeiro de 1945 os nazis iniciaram uma evacuação do campo. A maioria dos prisioneiros deveria partir para o oeste. Aqueles que estavam muito fracos para caminhar foram deixados para trás. Perto de 7.500 prisioneiros (ou 3.000 segundo outras fontes), pesando entre 23 e 35Kg, foram libertados pelo Exército Vermelho em 27 de janeiro de 1945.

in Wikipédia

Sem comentários: